terça-feira, 10 de junho de 2014

Grateful...

 Ultimamente tem se feito algumas pesquisas na tentativa de buscar a responder o que deixa as pessoas realmente felizes. E o resultado é sem duvidas surpreendente. Não é seu carro do ano ou a sua namorada super gata, nem mesmo o emprego dos sonhos.  E muito menos ganhar na loteria. Na verdade a coisa é
bem mais simples do que imaginamos. E ela se resume em uma palavra. Gratidão!

Segundo a pesquisa você pode ser o cara da vez, o garoto em ascensão, o bilionário filantrópico filha da puta ou o bicho grilo lá da Praça 7.  Se você não for grato a alguém você não experimentou a essência da felicidade. E essa linha de pensamento é no mínimo curiosa. Por que quebra aquela filosofia de felicidade egoísta.

Parando pra pensar, o sentimento de felicidade faz com que a gente queira compartilhar dessa sensação com o mundo, com as pessoas a sua volta, de contagiar tudo. E quando ouvimos um “obrigado” isso meio que faz a gente ter um sorriso de lado. Mas a pergunta é: A quem da sua lista telefônica você seria grato?


 Respondendo a minha pergunta, somos gratos a quem nos faz crescer. Aquele quem aperta o botão de start da vida. Alguém que de certa forma foi um professor. E algum dia em espero poder dizer isso pessoalmente a um certo alguém.  Mas e você, pra quem ligaria nesse exato momento? 

Nenhum comentário:

Postar um comentário