sábado, 17 de março de 2012

É tudo programado



A simples molécula de Ácido desoxirribonucleico ou DNA é onde contem as instruções genéticas que coordenam o desenvolvimento de todos os seres vivos.  Constituídas por varias ligações químicas, uma molécula de açúcar ligado a um carbono adjacente formando ligações fosfodiester, e as bases nitrogenadas por ligações de hidrogênio. Um pouco difícil de intender assim como as próprias pessoas.
Pare se replicar o DNA se divide em duas fitas moldes, e depois são adicionados primers para que se forme uma nova fita e conseguintemente de origem a um novo seguimento. As ligações de hidrogênio localizadas no interior da molécula são ligações fracas, e por isso, temos a facilidade de se separar e originar novos seguimentos.

Quando duas pessoas se esbarram por ai nesse imenso mecanismo celular, a suas bases nitrogenadas se ligam, através do o sequenciamento TAGC.  Elas permanecem unidas sem nenhuma certeza de quanto tempo aquilo vai durar. O Motivo é bem simples, as ligações de hidrogênio são muito instáveis, se quebram com muita facilidade. Basta surgir uma enzima e tudo se perde num novo molde.

A helicase provocou a abertura da minha dupla hélice de DNA, ela fez a separação das ligações de hidrogênio e separou as fitas. De um lado os primers começaram a agir, esta sendo reconstituído um novo seguimento ali. Mas do meu lado, a fita perdeu muitos nucleotídeos, ela não esta se encaixando em lugar nenhum. Ela foi descartada pela célula. A duvida que surgi é, ate onde eu podia dizer que estava ligado? A minha ingenuidade serviu de substrato para a ação da helicase? Afinal, desde onde e quando começou?

Esta tudo tão claro no código genético que eu chego a odiar a biologia molecular. Ácido desoxirribonucleico. Como o próprio nome já diz, é tudo muito ácido nessa brincadeira, tudo muito corrosivo, tudo muito complicado. A partir do momento em que as pessoas começarem a descondensar seus cromossomos, revelar o verdadeiro substrato das enzimas e deixar as falsas ligações de lado, ai sim, nesse momento poderemos entender um pouco o que cada um de nos procuramos.  O que realmente seremos. Por que afinal, tudo não passa de encaixe.

Nenhum comentário:

Postar um comentário