segunda-feira, 5 de março de 2012

Considerações do autor



Sabe, era pra min sentir frustrado, desorientado e sem rumo.  Era pra ter ficado com sensação de não entender nada. Mas não! É o contrario que tomo conta. Eu entendo, eu percebo, eu prevejo.

Eu sabia desde o começo que sua passagem seria rápida. Você cruzou meu caminho tirou meus óculos para me fazer ver como é ser um míope de verdade. Depois os colocou de volta e seguiu seu caminho. E quando esfreguei meus olhos você se foi. Ate as pegadas você apagou para que eu não às seguisse.  Tomara que nossos caminhos sejam uma parábola e não retas paralelas.

Você reavalia sua vida quando você comete erros. Você não cometeu, eu não cometi. Só fui esfaqueado! A ferida foi profunda, a lâmina esta obstruindo a artéria principal, impedindo que o sangue escorra.  Ela vai se curar, porem como em todo ser diabético, ela vai demorar a cicatrizar. Mas sem nenhum remorso!

Não sei se você esta lendo essa “bobagem”, mas se tiver, você deve estar se sentindo um pouco mal ou não. Mas eu quero que saiba que eu entendi sua escolha. Foi difícil compreender, foi difícil aceitar, mas o que posso fazer afinal sou apenas uma criança ingênua brincado de viver. Só queria ter tido a chance de ter espantado o seu bicho papão. Não guardo magoas, apenas boas lembranças. Fico feliz por você ter cruzado meu caminho e descontente por não ter tido tempo de agradecer.

Se algum dia bater aquela vontade de me ver, você vai saber me encontrar!

Um comentário: