sábado, 4 de fevereiro de 2012

Vivendo sonhos

Nosso cérebro usa apenas um terço da sua capacidade de criar enquanto estamos acordados. Mas quando estamos dormindo ele trabalha em sua capacidade total. Com isso, Nunca sabemos como um sonho começa. Só nos damos conta que estamos sonhando quando nos encontramos no meio de um. E é bem provável que você acorde nessa hora.
 Quando começar a perceber que esta sonhando, um novo estagio começa. O de testar o sonho. Com a capacidade de criar ao máximo, o seu subconsciente vai te mostra seu mundo e a incrível capacidade de criar cenários, formas e coisas inimagináveis. Um mundo totalmente seu!
Mas cuidado! deixe de lado as memorias, porque com o tempo elas viram. E então você passa a viver dentro da lembrança, e muita das vezes o ponto marcante da lembrança você não consegue mudar. Por que é uma lembrança e não um sonho. Assim você revive novamente as mesmas sensações do acontecimento. Tornando assim o sonho em um pesadelo. Um pesadelo criado por sua memória. Não se pode criar sonhos a partir de memória, porque esse é o jeito mais fácil de se perder na noção do que é sonho e do que é real.
Um exemplo clássico disso, é quando sonhamos com uma boa lembrança. Sentimos saudade, e justamente ela que te deixa com vontade de voltar pro sonho.
Quando começar a perceber seus sonhos e encará-los, o seu próprio subconsciente vai começar a projetar suas vontades, suas curiosidades. E com tempo você passa a ter o controle sobre ele. E tudo que vai passar a fazer depois é entender. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário