domingo, 5 de fevereiro de 2012

Entendendo o formigueiro



Alguma vez já se perguntou por que vivemos em conjunto? E porque às vezes queremos estar só? E por que tentamos explicar todas essas coisas? Acho que não precisamos de nenhuma explicação psicológica pra explicar isso. É só observar a sua volta e as respostas estão todas ali.

Geralmente quando falamos em formigas, falamos do trabalho de equipe, da hierarquia delas e a incrível organização. Mas você já se deparou com uma formiga solitária? Aposto que todos nos já vimos isso. E cerca de 90% dessas formigas morrem nos próximos minutos. Por quê? Porque elas são esmagadas pelas próprias mãos de quem a esta vendo.

Agora pense o que aconteceria a um de nos, se nos atrevêssemos a deixar o formigueiro e sair andando selva a fora? Quem nos esmagaria? Difícil de imaginar não é? O mais próximo dessa resposta seria a própria solidão.

Porque por mais que algumas pessoas busquem o desafeto por alguém, ela se apega a animais, objetos, coisas que faria se sentir mais acompanhado. E quando tudo isso não preencher esse vazio mais, ela tentaria a “morte”. E então morreria esmagada pelas mãos da solidão.

Então por que, algumas formigas caminhão rumo à solidão? Talvez fosse melhor mudar de formigueiro não acha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário